quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Juntastes meus pedaços meu fardo meu fracasso levou sobre si.
Fizestes meu passado mau naufragar no mar onde não se pode mais lembrar.
O teu amor me arrebatou mesmo assim digo sim quando tenho que negar
me dou quando tenho que fugir, ai de mim, por favor por favor
me ensina te amar como me amas.


Um comentário:

Bellic disse...
Este comentário foi removido pelo autor.